Casos da Vida Real

Você está procurando por culpados ou está procurando por soluções?

Casos Reais

Boa noite! Passando aqui para dividir em um resumo uma primeira prática da Disciplina Positiva aqui em casa com muito sucesso (no sentido de eficácia mesmo). A adaptação escolar do mais velho, pela mudança de escola, foi a mais difícil e ontem quando cheguei à noite estava um caos.

A casa caiu!

Meu marido não soube lidar e estava aos prantos. Os meninos já dormindo. Lemos um capítulo juntos. Acolhi toda infância dele naquele momento. Escrevemos umas frases em um papel e espalhamos pela casa, todas baseadas já no que debatemos do Quadro de Objetivos Equivocados e nas possíveis estratégias positivas.

Hoje, depois de passar o dia em casa e cancelar tudo para tentar reverter, eis que a magia aconteceu e tudo funcionou, inclusive pro marido, que já quer se inscrever na próxima certificação. Já acreditava.

Hoje, eu não entendo como seria diferente. Chorei hoje emocionada, o que não chorei nas nossas vivências, hoje inundou. Agora, todos já dormindo e a paz fora e interior, mentalizei cada uma de vocês e fui grata. Mentalizei especialmente a Fernanda Lee em toda gratidão, no ninar mais forte que proporcionei a meus filhos e a meu parceiro. Muito obrigada!!!! Eu sou gratidão toda nesse momento ❤

Eu agradeço o mergulho tão profundo que me proporcionou. O resultado se manteve hoje, com muita colaboração por parte do meu filho e senso de responsabilidade. Ele está radiante por estar conseguindo. Nossa família está, de fato, iniciando uma jornada de crescimento e de fé que a infância é lugar de mudança no mundo. Isso é revolucionário e incrível. Tirei fotos até da casa com os cartazes, porque estou tentando fazer um diário para que a consciência se amplie, porque ainda tá longe se ser algo automática essa prática. Muito obrigada mesmo!

– Ana Vogeley, fonoaudióloga

Você aplica a Disciplina Positiva ou os Princípios do Encorajamento? A sua história pode inspirar outras pessoas. Compartilhe qual foi o problema e qual foi a solução.


SimNão